Carolina Leal Ribas e Denise Leal Ribas | Curitiba - PR
Ambiente Jantar e Estar | Casa Cor PR

Com a proposta de preservar as características existentes no imóvel, as arquitetas Carolina Leal Ribas e Denise Leal Ribas projetaram o ambiente Jantar e Estar para a 22ª edição da Casa Cor Paraná. A valorização da iluminação natural que o espaço possui, a escolha por manter o pé-direito original e as tesouras de madeira existentes (sem nenhum outro tipo de forro) caracterizam o ambiente criado pelas arquitetas que se utilizaram ao máximo as potencialidades que tinham à mão.
A altura do pé-direito original foi aproveitada para revestir todas as paredes com painéis em MDF (cedido pela Berneck), que proporciona todo o aconchego do espaço. “Deixamos a estrutura e tesouras do imóvel aparentes, trabalhamos com iluminação direcionada e pontual que marca os destaques do ambiente e para completar utilizamos um piso também de madeira estruturado cedido pela Masterpiso que é paginado no formato de espinha-de-peixe, um resgate ao revestimento de parquet e seus desenhos usados antigamente”, diz a arquiteta Denise Leal Ribas.
Considerando o tema nacional da Casa Cor este ano que é a Brasilidade - a exaltação do que é nacional, as arquitetas optaram por inserir no projeto produtos locais em uma linguagem internacional na arquitetura de interiores. Todos os produtos utilizados são nacionais. Também são feitas referências as características do design brasileiro com a união de técnicas artesanais, tecnologia e desenhos contemporâneos presentes em alguns detalhes e peças no ambiente. Os 17 quadros escolhidos para decorar o espaço são de um fotógrafo brasileiro da Galeria Reserve Fine Art Photography e retratam paisagens brasileiras.
O uso da madeira domina o projeto: praticamente tudo é revestido com madeira de reflorestamento, que evoca a natureza e ao mesmo tempo o aconchego do lar. Nas linhas marcantes do mobiliário e no traçado marcante da estrutura original do espaço, a madeira é o toque final deste projeto. Para contrastar e dar leveza ao ambiente foram utilizados painéis em pedra e espelhos e também é trazida a vegetação para o interior.
O destaque da iluminação são os pendentes em cobre em grande escala da mesa de jantar e outras luminárias em madeira que trazem personalidade ao ambiente. O predomínio de lâminas em madeira escura do mobiliário sob medida aliada a materiais frios como pedra retroiluminada, e mescla da madeira com outros materiais e tecidos como linho e couro presente no mobiliário solto também merecem destaque.
Cores neutras e claras, móveis confortáveis, cortinas com tecidos de texturas delicadas dão unidade à decoração. Há ainda uma estante que é ponto focal do projeto, garantindo lugar para os objetos decorativos, coleções, fotografias e etc. De frente para a estante é possível ter uma visão total do espaço através de um dos espelhos que reflete o jantar, valorizando a convivência em família ou em amigos que é a proposta do Jantar e Estar para a Casa Cor.

Com a proposta de preservar as características existentes no imóvel, as arquitetas Carolina Leal Ribas e Denise Leal Ribas projetaram o ambiente Jantar e Estar para a 22ª edição da Casa Cor Paraná. A valorização da iluminação natural que o espaço possui, a escolha por manter o pé-direito original e as tesouras de madeira existentes (sem nenhum outro tipo de forro) caracterizam o ambiente criado pelas arquitetas que se utilizaram ao máximo as potencialidades que tinham à mão.
A altura do pé-direito original foi aproveitada para revestir todas as paredes com painéis em MDF (cedido pela Berneck), que proporciona todo o aconchego do espaço. “Deixamos a estrutura e tesouras do imóvel aparentes, trabalhamos com iluminação direcionada e pontual que marca os destaques do ambiente e para completar utilizamos um piso também de madeira estruturado cedido pela Masterpiso que é paginado no formato de espinha-de-peixe, um resgate ao revestimento de parquet e seus desenhos usados antigamente”, diz a arquiteta Denise Leal Ribas.
Considerando o tema nacional da Casa Cor este ano que é a Brasilidade - a exaltação do que é nacional, as arquitetas optaram por inserir no projeto produtos locais em uma linguagem internacional na arquitetura de interiores. Todos os produtos utilizados são nacionais. Também são feitas referências as características do design brasileiro com a união de técnicas artesanais, tecnologia e desenhos contemporâneos presentes em alguns detalhes e peças no ambiente. Os 17 quadros escolhidos para decorar o espaço são de um fotógrafo brasileiro da Galeria Reserve Fine Art Photography e retratam paisagens brasileiras.
O uso da madeira domina o projeto: praticamente tudo é revestido com madeira de reflorestamento, que evoca a natureza e ao mesmo tempo o aconchego do lar. Nas linhas marcantes do mobiliário e no traçado marcante da estrutura original do espaço, a madeira é o toque final deste projeto. Para contrastar e dar leveza ao ambiente foram utilizados painéis em pedra e espelhos e também é trazida a vegetação para o interior.
O destaque da iluminação são os pendentes em cobre em grande escala da mesa de jantar e outras luminárias em madeira que trazem personalidade ao ambiente. O predomínio de lâminas em madeira escura do mobiliário sob medida aliada a materiais frios como pedra retroiluminada, e mescla da madeira com outros materiais e tecidos como linho e couro presente no mobiliário solto também merecem destaque.
Cores neutras e claras, móveis confortáveis, cortinas com tecidos de texturas delicadas dão unidade à decoração. Há ainda uma estante que é ponto focal do projeto, garantindo lugar para os objetos decorativos, coleções, fotografias e etc. De frente para a estante é possível ter uma visão total do espaço através de um dos espelhos que reflete o jantar, valorizando a convivência em família ou em amigos que é a proposta do Jantar e Estar para a Casa Cor.